Revisão: Daniel Bashta – My Worship in Motion

O que dizer de um louvor misturado com um rock n’ roll de primeira linha cantado por uma voz muito louca? Pois bem, acabei de descrever o som feito pelo cantor Daniel Bashta (também, com um nome desses!).

Como disse o cantor em seu site, é tempo dessa geração tomar posse da liberdade que lhe foi dada e de sacudir a terra com ela através do louvor. Então com um estilo diferenciado, Daniel faz um convite para louvar, e prova disso é que muitas vezes ficamos não mais limitados a só ouvir, mas também querer cantar juntos, bater cabeça, fingir que estamos tocando uma guitarra imaginaria, etc.

Com uma pegada branda, Offering abre o My Worship in Motion. Um detalhe, é que no o inicio da canção ouvimos um quase sussurro do cantor que vai crescendo aos poucos e nos envolvendo ao longo da musica ate encerrar num refrão impar, que me fez lembrar de Oh My God do Jars Of Clay, sem contudo toda a beleza da banda já consagrada, mas que prova contudo o talento de Bashta. Depois desse inicio, vem com tudo With Everything que nos leva de volta ao querer cantar juntos, vale a pena nos deliciar com a canção.

Sem termos tempo de digerir o que começou em With Everything, Freedom Calling nos faz querer dançar (sim, dançar, mesmo sendo um worship rock) a nossa libertação em Cristo… é impressionante como o ritmo de Bashta não se desgasta, apesar de ouvirmos ate aqui a mesma base frenética, o fim da canção é sensacional . Christ in Me, é uma nova modelação do jeito de louvar, já que sempre cantamos as mesmas canções lentas e sem sal, o que vemos dessa é um fluir de uma atmosfera de celebração. Potter’s Wheel nos faz lembrar de bandas de rock como o Keane e o Coldplay em alguns momentos numa voz que nos faz refletir sobre uma mensagem de um vaso de barro ue somos nas mãos de um oleiro.

Breathing Space é o interlúdio de Heaven que é executada por um violino melódico que segue a voz de Bashta. Não se pode dizer que é a melhor do álbum, mas uma das mais inspiracionais: “Heaven fall down on me, Heaven fall down on me, Bring your Peace, Bring Your Joy” (Heaven desceu sobre mim, os Céu desceu sobre mim, Traga Sua paz, traga Seu amor). Para encerrar, Awakening vem com todo o fôlego e um som muito louco que Bashta executa com um ritmo bem empolgante e uma pegada envolvente: “I will let the King of Glory enter in. Let these dry bones dance now/ I will be filled/ There’s gonna be an awakening” (Eu vou deixar o Rei de Glória entrar. Deixe esses ossos secos dançarem agora/Eu serei enchido/Isso vai ser um chamado para acordar).

Heaven

Awakening

Uma chamada para o My Worship in Motion

Tracklist:

1. Offering

2. With Everthing

3. Freedom Calling

4. Christ In Me

5. Potter’s Wheel

6. Breathing Space

7. Heaven

8. Awakening

Lançamento: Março de 2008

O sentido do My Worship in Motion é de simplesmente colocar o nosso louvor em movimento, é fazer levar a mensagem de Cristo a todos, quebrando as barreiras que ainda vemos no cotidiano cristão. É tempo dessa geração acordar e rugir. Daniel Bashta mostra que tem talento para isso!

Apesar de ser o seu primeiro trabalho, Daniel Bashta mostra que é um artista que merece atenção, pois talento tem de sobra. O álbum foi  disponibilizado pelo próprio cantor em seu website. Então, quem tiver curioso ou interessado pode pegar o My Worship in Motion todinho. (Link para o site de Daniel Bashta, aqui.)

Explore posts in the same categories: Análise de Cd, Revisão

Tags: ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: